sábado, 24 de novembro de 2012

Salada balsâmica


Ingredientes:

Rúcula

Couve roxa picadinha

Beterraba cozida e cortada aos cubos

Cebola roxa às rodelas finas

Laranja aos meios gomos

Manga aos cubos

Azeite de oliva

Vinagre balsâmico



Preparação:

Juntar a rúcula, a couve, a beterra, a couve e a cebola e temperar com o azeite e o vinagre balsâmico. Mexer bem e colocar os outros ingredientes.


Eu adoro acompanhar as refeições com saladas criativas. Esta é uma delas! Mas é só uma opção para vos inspirar e poderem experimentar a combinação de muitos outros sabores!


Snacks





E que bem que sabe uma pausa no estudo? Inspirei-me nos boinitos e pedantes chefs gourmet para fazer o meu rústico prato gourmet! O Mário não se queixou do resultado...

Bolachinha de água e sal, doce de frutos vermelhos, queijo fatiado com ervas, uma rolela de pêssego e uma fatia de gelatina foram os ingredientes misturados.

Ou seja, basicamente, estou a apelar à vossa criatividade e capacidade de invenção com o que têm no frigorífico. Com tostas, pão preto, bolachas de milho, frutas, doce e queijo (queijo fresco atabafado de cabra, queijo roquefort ou queijo camembert, requeijão) podemos conseguir combinações deliciosas!

Deixo-vos a sugestão!

Moqueca de peixe







Esta moqueca de peixe foi-me ensinada por uma amiga que já a faz à muitos anos. E devo dizer-vos que é deliciosa!



Ingredientes:


5 postas de pescada grossas (também podem usar outro tipo de peixe, como garoupa, robalo, cação)


Sumo de 1 limão grande


2 cebolas cortada em rodelas


3 dentes de alho grandes ( eu coloco alho em quase tudo!)


1 pimentão vermelho picado ou cortado em rodelas

1 pimentão verde picado ou  cortado em rodelas


3 tomates bem maduros picadinhos


200 ml de leite de coco


3 colher (sopa) de azeite-de-dendê


1 colher de azeite de oliva

Camarão pequeno  descascado q.b. 

Coentros q.b. picados


Sal, pimenta e piripiri q.b.


2 canecas de água



Preparação: 


Regar o peixe com o sumo de limão, sal, pimenta, alho e um pouco de coentros e deixar a descançar uns dez minutos.


Numa panela grande coloca-se este preparado e junta-se-lhe o azeite de oliva, o azeite de dendê, a cebola, os pimentões e os tomates, o camarão e os coentros.

Deixar aproximadamente uns 20 minutos em lume brando mexendo rara e cuidadosamente o peixe.
Juntar o leite de côco, o piripiri.
Deixar mais uns dez minutos ainda em lume brando até ficar tudo cozido, rectificar os temperos e servir!


Concelho: 

Acompanhado com arroz branco simples e uma saladinha (nunca dispenso a salada!)
Há quem adicione primeiramente o leite de côco e só depois o azeite de dendê, há quem coloque caldo de camarão, há quem junte a meio alguns pimentos e tomates para te-los mais firmes, há quem junte cebola roxa também a meio para dar alguma graça. Enfim, tal como muitas, esta receita pode ser feita e melhorada ao gosto de cada um! 

Tenho a certeza que a segunda vez que a fizer irá sair diferente, porque experimentarei essas outras formas de modo a escolher a preferida, mas uma coisa é certa, esta era sem dúvida óptima! E obrigada à minha amiga Eduarda Marrecas!

P.s. As fotos em cima mostram um tacho já quase no fim. Não houve tempo para tirar fotos antes, se é que me entendem!


sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Gaspacho alentejano





Para esta sopa fria, como bem devem saber, muitas são as versões do gaspacho. Uns mais à moda alentejana, outros mais à moda algarvia e outros à moda espanhola, uns com pão duro ou torrado, outros com pão fresco, uns com pepino, outros com melão, uns com gelo, outros servidos à temperatura ambiente, enfim.
Eu inspirei-me na receita alentejana, com conselhos de alentejanos e todos os alimentos utilizados são terra alentejana. Só não sou alentejana, mas esmerei-me e o meu primeiro Gaspacho, que não ficou aquem das minhas expectativas.

Ingredientes:

6 tomates bem maduros e moles desfeitos
4 tomates mais firmes cortados a gosto
1 pimento verde picado ou em tiras pequenas
1 pimento vermelho picado ou em tiras pequenas
1 pepino grande cortado a gosto
1 cebola grande picada
Aproximadamente 1 litro de água gelada e meio litro de gelo

Oregãos, sal, azeite, vinagre e azeitonas qb
Pão alentejano torrado e partido em pedaços miúdos

Preparação:

Na noite anterior a ser servido ao almoço:
Picar muito bem os 6 tomates maduros, de modo a ficarem praticamente desfeitos numa papa. Colocar essa papa numa tigela grande, como a da fotografia, e juntar-lhe meio litro de água gelada e meio litro de gelo. Mexer e colocar no frigorífico

No próprio dia: tirar o preparado do frigorífico e juntar-lhe os restantes ingredientes.

Voilá!

Concelho: 
Apostar em tomates de boa qualidade, porque isso relfecte-se muito no gosto final.
Podem experimentar com vinagre balsâmico. Não usei e não é tradicional, mas quero vir a experimentar, porque sou apaixonada por esse vinagre.
Serviu de entrada para o peixe frito, que fica sempre bem com este prato.

Espero que gostem, porque nós gostámos e repetimos!

Em baixo, uma foto de um achigã que pescámos e que fica muito bem grelhado ou frito, servido depois do gaspacho!


Proteína - os 10 alimentos mais ricos


Apresentação




Olá! Começo por dizer que este blog é já algo já pensado e desejado à muito tempo! Este blog destina-se a todas as pessoas que gostem de cozinhar, de inventar novos pratos, de experimentar "novas" misturas de sabores, de aperfeiçoar os já tradicionais ou simplesmente de comer e de ver o que se passa na cozinha de dois namorados, eu e o Mário, que se divertem a experimentar sabores.

Aqui, apresentar-vos-ei os nossos experimentos culinários fotografados e descritos por palavras. Vou tentar ser meticulosa na descrição da receita, mas apelo à vossa capacidade intuitiva para, como eu, rectificarem quantidades, nível de lume, tempo, entre outros.
Além disso partilharei também alguns conhecimentos que me interessam, como os benefícios de determinados alimentos para a saúde.

Espero francamente que vos possa divertir da mesma forma que me divirto in loco e espero ser útil a dar uma "mãozinha" nos vossos cozinhados quando for o caso de precisarem.